Institucional

Imprensa

Alunos participam da I Semana Acadêmica das Engenharias - SEAENGE

 

Alunos dos cursos de Engenharia Civil, Engenharia de Produção e Engenharia Mecânica da Univel expandiram seus conhecimentos com palestras e visita técnica

Os alunosdos cursos de Engenharia Civil, Engenharia de Produção e Engenharia Mecânica participaram da Primeira Semana Acadêmica das Engenharias (SEAENGE), que começou segunda-feira (14), com um mini curso de oratória, e trouxe palestrantes com vasta experiência para mostrar a realidade da profissão.

O engenheiro civil, Edson José Vasconcelos, abriu a noite falando sobre um assunto necessário, “O Engenheiro como Gestor”. Edson falou sobre a maior dificuldade da área de exatas, a introspecção, porém, é importante que os engenheiros desenvolvam competências de gestão, para lidar com as pessoas que executam suas obras.

A conversa não parou por aí, a Engenheira Mecânica Silvana da Silva atua na área há 26 anos e falou sobre a presença das mulheres na engenharia. Em 2017, o número de mulheres cursando engenharia cresceu 28,1%, segundo dados do Confea (Conselho Federal de Engenharia e Agronomia), porém a profissão ainda é considerada masculina. “Nós mulheres enfrentamos muitas dificuldades para podermos ter reconhecimento dentro da engenharia. Há empresas que não colocam mulheres em cargos de diretoria com a justificativa de que os homens não vão aceitar que uma mulher seja a chefe. É uma mentalidade machista da sociedade e nós temos que nos posicionar”, contou Silvana, que passou por muitas dificuldades para conquistar seu espaço.

Na mesa redonda, que aconteceu terça-feira, dia 15, “O Futuro das Engenharias” foi discutido pelos engenheiros Gilson Gerônimo Lorenzi, Alcides Júnior Sperotto e Vinicius Lorenzi. “Nós engenheiros temos que buscar a tecnologia para modernizar nossa forma de trabalho, a mudança é constante, precisamos nos adaptar. Vocês têm que ser sempre os primeiros e fazer a diferença”, explicou Gilson.

O Engenheiro Mecânico Gilson Gerônimo Lorenzi, também falou sobre a pressão dentro de uma empresa de engenharia. “Não é para assustar, mas o engenheiro que não trabalhar sob pressão, não é engenheiro. A caminhada de vocês é longa e árdua, mas vale muito a pena, você vai conhecer coisas que só a engenharia pode te proporcionar”.

Já na quarta-feira os acadêmicos fizeram uma visita técnica à Metalúrgica Vaspa durante a tarde, onde puderam ver pessoalmente a vida do profissonal. A primeira palestra da noite ficou por conta da responsável pela área de gestão de pessoas da C.Vale, Marcela Genari, que conversou com os alunos sobre a comunicação e o trabalho em equipe. “Dê sempre algo a mais. Quando for estagiário, aja como protagonista da sua carreira, se destaque pelas suas ações, assuma responsabilidades, dê o exemplo e aprenda sempre, porque uma hora o mérito chega”, ressalta Marcela.

O Professor e Doutor em Meio Ambiente e Desenvolvimento, Douglas André Roesler, encerrou a semana de palestras com discussões sobre sustentabilidade. “Na hora de fazer um projeto sustentável, considere três princípios: a inovação, cooperação e comunicação, para fazer funcionar”. O Dr. Douglas também falou sobre as convenções da sustentabilidade que acabam afetando o desenvolvimento de alguns países, assim, o desafio dos engenheiros é entender qual meio que será melhor para cada situação e o que o cliente realmente deseja.

Por: Núcleo de Comunicação

21.05.2018

Galeria de Fotos

Univel participa de maior evento de tecnologia e inovação da região
Univel leva projetos criativos para a Feira InnovaCities e Technovação