Institucional

Imprensa

Aula Magna de Direito na Univel é realizada com inovação e criatividade

 

Com o auditório lotado, os estudantes de Direito tiveram uma aula diferente, que uniu tecnologia, stand up comedy, poesia e música popular brasileira

Os alunos do curso de Direito do Centro Universitário de Cascavel – Univel foram surpreendidos ao assistirem uma Aula Magna inovadora, diferente e repleta de criatividade. O Desembargador Corregedor Regional do Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região e vencedor do Prêmio Innovare, Dr. Sérgio Murilo Rodrigues Lemos e o Dr. Rodolfo Pamplona Filho, dois importantes nomes do Direito no Brasil, foram convidados pela Coordenação do curso de Direito para ministrar a Aula Magna. “Conseguimos unir duas palestras com metodologias bem diferenciadas: a primeira sobre Direito do Trabalho, mais técnica e formal que foi ministrada pelo Desembargador Sérgio Lemos, e a segunda sobre Direito de Família que foi também uma apresentação artística e divertida com o Dr. Rodolfo Pamplona. Assim, atendemos a expectativa dos mais variados perfis dos nossos alunos, que uniram o aprendizado com sua concentração, motivando-os e originando neles muito conhecimento, sorrisos e risadas”, expressa a Coordenadora Adjunta do curso de Direito da Univel, Caroline Buosi Velasco.

Direito, Tecnologia e Trabalho

Que mundo é este em que vivemos? Foi partindo deste questionamento, que o Desembargador Sérgio Murilo Rodrigues Lemos, apresentou uma série de observações sobre “Direito, Tecnologia e Trabalho”. “Estamos vivendo o momento da era da inteligência artificial. Tenho 35 anos de atividade na Justiça do Trabalho e sempre usei a tecnologia desde o primeiro computador, até os sistemas mais atuais disponíveis. A tecnologia nos oferece a oportunidade de tornar racional o trabalho do Direito, que além de ser árduo, envolve pesquisa e muita atividade manual, ocupando um tempo precioso que poderia ser focado na inteligência da área”, declara o Desembargador.

O Desembargador despertou questionamentos sobre a automatização de processos dentro do espaço jurídico, como forma de aprimorar o trabalho. “O trabalho verdadeiro do algoritmo jamais vai substituir o trabalho jurídico. Certamente os novos profissionais que estão se formando, vão se adaptar com facilidade ao uso da tecnologia no Direito. É importante que os alunos compreendam o que está acontecendo no mundo e que abandonem o modo tradicional e antigo, como as coisas eram feitas, partindo para o novo mundo das transformações tecnológicas”, explica.

Stand up comedy e música popular brasileira

Com bom humor e criatividade musical, o Prof. Dr. Rodolfo Pamplona Filho, Juiz do Trabalho em Salvador e autor de diversas obras jurídicas, realizou uma apresentação inovadora, abordando a evolução das relações de família no Brasil do século XIX ao século XXI, através de um stand up comedy, desenvolvido em seus estudos de pós-doutorado, com músicas de Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil e outros artistas brasileiros. “Minha proposta é trazer para o ensino do Direito a sensibilidade da arte. Por isso estão comigo três músicos profissionais para fazer esta apresentação, que é ao mesmo tempo uma conferência magna, um stand up comedy e um show musical, onde cada tema exposto é cantado com pérolas da música popular brasileira”, explica Pamplona.

Pamplona iniciou sua apresentação levantando questionamentos sobre o sistema normativo que reprimia a mulher no Brasil. “É preciso entender que nós tínhamos uma restrição evidente com relação à mulher. O sistema normativo brasileiro foi escrito por uma sociedade machista e repressora que se preocupava em restringir cada vez mais os direitos das mulheres. Do ponto de vista do Direito positivo, hoje vivemos um momento de empoderamento feminino, mas ainda temos muito para evoluir, a igualdade precisa ser levada a extrema”, defende Pamplona.

Poesia para ensinar

Com mais de mil textos poéticos publicados e setenta e sete livros, Rodolfo Pamplona também recitou poesias de sua autoria sobre os temas tratados na Aula Magna. “Nas apresentações gosto de recitar poemas de minha autoria, sobre os temas tratados. Além disso, há toda uma viagem de composição, de interpretação de personagens com interação da plateia. É uma forma de conquistar o estudante e o profissional tocando a mente e também o coração”, explica.

A proposta de ensino nasceu quando Pamplona estava direcionando seus estudos para o pós-doutorado em uma interface do Direito e da Arte. “Tive a oportunidade de receber uma provocação dos presidentes do Instituto Brasileiro de Direito de Família, para fazer uma palestra que envolvesse Direito e Arte, aceitei o desafio e hoje estou aqui”, complementa.

Daiane Ribeiro é estudante de Direito na Univel e ficou encantada com a metodologia de ensino de Pamplona. “Achei a aula fantástica, pois ele conseguiu mesclar a teoria histórica do Direito civil e Direito de Família com a poesia e a MPB, tornando a explicação didática e de fácil entendimento”, conta Daiane.

Para a Coordenadora Adjunta do curso de Direito, Caroline Buosi Velasco, é de extrema importância aliar o aprendizado em sala de aula com profissionais de renome nacional, autoridades no assunto. “Acredito que nosso aluno consegue aliar o que ele vem aprendendo em sala de aula com seus professores diariamente, com o que é palestrado por esses profissionais de grande renome nacional, e perceber que o conteúdo discutido em sala está alinhado com o que há de mais moderno no mundo do Direito. É gratificante para o aluno poder interagir e escutar profissionais que ele lê nos livros e jurisprudências e estão fisicamente presentes em nossa instituição, frente a frente com nossos alunos. Tenho certeza que isso o motiva ainda mais a gostar do curso e da profissão do Direito”, evidencia Caroline.

Para o Coordenador Geral do curso de Direito, Prof. Leandro Faccin, a aula inaugural foi sensacional. “Foram duas falas de Direito, porém com propostas diferentes. A primeira palestra dogmática, a segunda foi cantada, lúdica e cultural. Nesta inclusive o Dr. Pamplona contou com a participação de sua banda de jazz Croonres in Concert. Ambas transmitiram muito conteúdo e proporcionaram grandes reflexões sobre o Direito através de interfaces com a história, sociologia, economia e arte. Nós da coordenação do curso juntamente com a direção da instituição, agradecemos imensamente e de coração aos palestrantes e alunos que prestigiaram o evento”, finaliza o Coordenador.  

Por Núcleo de Comunicação 15.03.2018

Galeria de Fotos

Ex-ministro da Agricultura no Brasil ministra aula magna na Univel
Curso de Fisioterapia recebe acesso à plataforma online para estudos de anatomia