Institucional

Imprensa

Univel leva projetos criativos para a Feira InnovaCities e Technovação

 

Com teatro de fantoches, maquetes de Arquitetura e Urbanismo, aulas de Gastronomia e educomunicação a Univel conquista placa de reconhecimento e três medalhas e um troféu

A 10ª Feira InnovaCities e 1ª Technovação começou na noite de quinta-feira e foi até às 12h de domingo, no Centro de Convenções e Eventos. Para promover o desenvolvimento científico e tecnológico, ocorreram palestras com o youtuber Iberê Thenório, do canal “Manual do Mundo”, Walter Longo, administrador de empresas de sucesso, entre outros.

No sábado, a coordenadora do curso de Agronomia do Centro Universitário de Cascavel - Univel, Vanessa Taques Batista Josefi foi a mediadora da mesa redonda “Agricultura sustentável para a demanda da sociedade atual”.

A Univel participou da maior feira de inovação de Cascavel com vários projetos. A Coordenadora do Centro de Pesquisa e Extensão da Univel, Elaine Aparecida Wigels Kronbauer, foi quem teve a iniciativa de levar os projetos para a feira. “Fiquei bem feliz com os projetos, fomos surpreendidos pela dedicação dos professores e alunos que participaram”, contou Elaine.

Os alunos de Jornalismo estiveram comentando todos os acontecimentos na rádio da Feira, onde divulgaram as palestras, entrevistaram os palestrantes e ainda colocaram várias músicas para alegrar quem passava por lá.

A cozinha PANCs (Plantas Alimentícias Não Convencionais) integrou os cursos de Gastronomia e Nutrição. O curso de Gastronomia realizou uma aula show utilizando as PANCs, ensinando sua funcionalidade, além de oferecer degustação para os visitantes. Já os alunos do curso de Nutrição realizaram orientações sobre os benefícios nutricionais. Através do projeto “Direitos Humanos: uma prática com teatro de fantoches”, os direitos humanos foram apresentados de forma lúdica para crianças, com o objetivo de construir valores para a vida desde a infância.

 O curso de Arquitetura e Urbanismo da Univel participou com maquetes didáticas feitas a partir de desenhos desenvolvidos em software, onde os cursos de Engenharia também participaram. Ainda esteve no estande o Projeto Educ, que desenvolve atividades com o objetivo de tornar jovens leitores e cidadãos críticos, por meio da comunicação.

Ao final ainda houve premiações para os projetos mais inovadores. O projeto “Direitos Humanos: uma prática com teatro de fantoches”, da professora Kátia Salomão, ganhou três medalhas e um troféu na categoria Inovação Social na Educação, a Univel ainda recebeu uma placa de agradecimento a todos que participaram.

A professora Katia ficou surpresa ao saber dos prêmios e contou como desenvolveu o projeto. “O reconhecimento veio de um projeto que acontece há aproximadamente três anos, no começo eram poucos alunos, mas hoje integra os cursos de Direito, Pedagogia e Medicina Veterinária. No teatro nós tratamos sobre a dignidade, o olhar para o outro, a construção do ser humano e do respeito em relação a pessoa e aos animais”.

Por: Núcleo de Comunicação

22.05.2018

Galeria de fotos

 

Alunos participam da I Semana Acadêmica das Engenharias - SEAENGE
Univel adere ao movimento Internacional Maio Amarelo