Institucional

Imprensa

XIX Jornada Científica da Univel teve como tema Humanização e Dignidade das Relações Sociais

O evento aconteceu de forma online e recebeu diversos artigos científicos e relatos de extensão para apresentação e posteriormente publicação 

 

O Centro Universitário de Cascavel - Univel, realizou nos dias 26 e 27 de outubro, de forma online, a XIX Jornada Científica. O evento acontece todos os anos, com o principal objetivo de realizar a divulgação e incentivo a pesquisa e extensão que é realizada no campus. Neste ano, a jornada além de receber artigos de análise empírica e análise teórica, também recebeu relatos de extensão.

A Jornada Científica da Univel, recebeu ao todo 144 trabalhos que foram selecionados para apresentação e posterior publicação nos anais da jornada. O evento teve como tema “Humanização e Dignidade das Relações Sociais”, assuntos extremamente debatidos durante o processo de afastamento social e teve como propósito principal tornar essa jornada mais próxima da realidade social. 

Para a coordenadora do Centro de Pesquisa e Extensão da Univel (CPE), Dra. Kátia Salomão, a temática é de suma importância, pois debate valores e princípios importantes dentro das relações sociais. “Quando pensamos na temática da jornada é importante  sobressaltar que, a humanização e a dignidade das relações sociais está vinculada a princípios e valores humanos como autoridade, solidariedade, direitos humanos e são todos elementos extremamente preciosos, no sentido de pensar dignidade social para todos”, conta Kátia. 

Para debater esse tema, estiveram presentes, Dr. Clayton Reis, Dra. Viviane Coelho de Sellos-Knoerr e Dr. Alfredo Rafael Belinato Barreto. De acordo com a coordenadora da CPE, os convidados realizaram debates importantes acerca dos temas, abordando desde a perspectiva constitucional até resgates históricos. “Uma das frases que mais me marcou durante a Jornada, citada pelo Dr. Alfredo Barreto, que disse: "Nós não podemos reduzir o sentido da vida a vida dos sentidos". É muito interessante porque quando a gente pensa na vida dos sentidos que trata-se de tudo aquilo que satisfaz a nossa vida material e o nosso desejo imediato, mas o sentido da vida nada tem a ver com a vida dos sentidos, porque o sentido da vida é muito mais profundo”, declara Kátia. 

 

Por: Núcleo de Comunicação

11.11.2021

 

Galeria de Fotos

 

O curso de Direito e CEJUSC - Posto Avançado Univel em parceria com CMARC (OAB) realiza evento on-line
Curso de Biomedicina da Univel realiza Projeto “Saúde do Imigrante”